31 de janeiro de 2014

Semana da Dica

Atenção, calouro de Engenharia Química da UEM!

O Programa de Educação Tutorial de Engenharia Química (PET-EQ) o parabeniza pela sua aprovação e o convida para participar da chamada Semana da Dica, que tem por finalidade recepcionar os novos calouros. Serão realizadas diversas palestras e atividades, para melhor ambientá-los na universidade e dentro da graduação. As atividades terão início na terça-feira (04 de fevereiro) às 08:00, no auditório Ney Marques. Lembrando que este evento contará com lista de presença e será validade como Atividade Acadêmica Complementar.


Em breve sairá o cronograma de atividades.

28 de janeiro de 2014

Entenda por que é importante ter amigos na sua área de atuação

Ter um grupo de colegas com quem você pode trocar ideias é essencial para profissionais de sucesso. Veja por que você deve ter amigos na sua área de atuação.

Algumas pessoas acreditam que a melhor forma de atingir o sucesso é por meio de muito trabalho duro, foco e determinação. Com certeza, essas três capacidades são cruciais quando se deseja alcançar metas. Porém, existe um outro fator essencial para o sucesso e que poucas pessoas conhecem: a colaboração.
O mercado de trabalho, atualmente, funciona de forma muito competitiva – você e seu trabalho precisam se destacar para que seja possível ascender profissionalmente. Esse tipo de “cultura” faz com que amizades verdadeiras no ambiente de trabalho sejam raras e os colegas se vejam com desconfiança. E acredite: a falta de contato pessoal é prejudicial para qualquer profissional.
Ter um grupo de amigos que trabalhem na mesma área que você, não necessariamente na mesma empresa, é uma maneira eficaz de desenvolver as suas habilidades profissionais e aumentar o seu conhecimento. A partir do momento que você conhece pessoas que podem colaborar e criticar de forma construtiva o seu trabalho, você passa a ter um feedback muito mais verdadeiro para o seu desempenho. Além disso, ao analisar o trabalho dos seus amigos, você entra em contato com novas ideias e formas de pensar, e isso pode influenciar positivamente na sua criatividade.
Quando você compartilha o seu trabalho com colegas de confiança, você se sente mais confortável para assumir as falhas e corrigi-las, além de ter certeza de que eles não desejam prejudicar o seu lado profissional. Por isso, aproxime-se de profissionais que você admira e tente criar um grupo que os integrantes tenham confiança entre si e sejam honestos. Aos poucos, o seu trabalho será cada vez mais aprimorado e você também poderá ajudar outras pessoas.
Fonte: CREAjr-PR

26 de janeiro de 2014

Filmes lançados em 2013 que podem ajudar em sua liderança

 Uma das características que o mundo dos negócios e muitas pessoas buscam desenvolver é a liderança. Uma forma interessante de se adquirir algumas dicas é por meio de filmes. Pedro Grawnder e Marco A. Oliveira, autores do livro "Os filmes que todo gerente deve ver", elegeram três obras lançadas que são indispensáveis para o repertório dos líderes e seu desenvolvimento.

1 "Capitão Phillips", de Paul Greengrass, com Tom Hanks
 "Capitão Phillips" conta a história real de Richard Philips, capitão do cargueiro norte-americano Maersk Alabama, que ficou refém de piratas somalis durante cinco dias, em abril de 2009. 
Ao colocar a sua própria vida em risco, Phillips salvou toda a tripulação do navio. Por esse motivo, Grawnder e Oliveira o consideram um líder muito inspirador.
Segundo eles, a narrativa expõe diversas atitudes que um líder precisa ter, como estar disposto a se sacrificar pelo bem de seus colegas e subordinados e ter consciência dos riscos ligados às suas decisões.
Para os autores, a principal lição do filme é a liderança pelo exemplo de Phillips que, mesmo em uma situação extrema, manteve-se no controle e soube fazer tudo que era possível por sua equipe.
Assista ao trailer:

2 "Jobs", de Joshua Michael Stern, com Asthon Kutcher
  Como o próprio nome indica, "Jobs" narra a vida do fundador da Apple, Steve Jobs. O filme retrata desde a sua juventude hippie até ele se tornar o presidente e cérebro de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. 
Na definição de Grawnder e Oliveira, "Jobs" é uma obra capaz de inspirar qualquer profissional a dar o melhor de si. Isso porque mostra os desafios que Steve teve durante a sua carreira e como conseguiu superá-los.
Os autores, porém, fazem um alerta: o filme faz Jobs parecer uma pessoa sem defeitos, desqualificando aqueles que não acreditaram em suas ideias.
Os dois lembram que, na vida real, ninguém é perfeito e nem atinge o sucesso se rejeitar o ponto de vista de quem discorda de suas visões de mundo. 
Assista ao trailer:

3 "Círculos de fogo", de Guilhermo del Toro, com Charlie Hunnam
  Uma série de criaturas mostruosas vindas do mar começam a travar batalhas com os humanos e, para conseguir vencê-los, a humanidade cria robôs gigantes, capazes de duelar. Essa é a história contada em "Círculo de Fogo". 
A grande mensagem que o filme transmite, na opinião de Grawnder e Oliveira, é a importância do trabalho em equipe. 
Na narrativa, pessoas de todos os cantos do mundo precisam se unir para construir os robôs. Além disso, as máquinas gigantes só funcionam quando seus pilotos trabalham em conjunto. 
Em uma das cenas de destaque do longa, o líder da organização glogal que produz os robôs faz um discurso que enfatiza o trabalho de equipe. Para os autores, o texto dito pelo personagem serve de inspiração para os líderes motivarem seu pessoal a completar um projeto desafiador. 
Assista ao trailer:


  Fonte: Exame

22 de janeiro de 2014

Bateria orgânica pode ser solução para armazenar energia renovável



Tem havido muitas promessas, mas poucas realizações efetivas, no campo das baterias.
Além dos carros elétricos, há um sentido de urgência na busca de soluções para o armazenamento das fontes renováveis de energia, que permitam manter o abastecimento à rede elétrica quando o vento não está soprando ou o sol não está brilhando.

Pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, acabam de classificar mais um participante para a final dessa corrida.

Eles construíram uma bateria de fluxo baseada em moléculas orgânicas, eliminando a necessidade dos metais que encarecem a tecnologia.

A bateria de fluxo sem metais baseia-se na eletroquímica de pequenas moléculas naturalmente abundantes, baratas e orgânicas (à base de carbono) chamadas quinonas, que são similares às moléculas que armazenam energia nas plantas e animais.


Baterias de fluxo

Baterias de fluxo armazenam energia em fluidos químicos contidos em tanques externos - como nas células de combustível - em vez de dentro do próprio recipiente da bateria.

Os dois componentes principais - o equipamento de conversão eletroquímica por onde os fluidos correm (o que define a potência de pico da bateria), e os tanques de armazenamento dos compostos químicos (que definem a capacidade de carga) - podem ser dimensionados de forma independente.

Assim, a quantidade de energia que pode ser armazenada é limitada apenas pelo tamanho dos tanques, o que permite que grandes quantidades de energia sejam armazenadas a um custo menor do que com as baterias tradicionais.

Por exemplo, para armazenar 50 horas de energia de uma turbina eólica com capacidade de 1 megawatt (50 megawatts-hora), uma possível solução seria comprar baterias tradicionais com 50 megawatts-hora de capacidade, mas elas viriam com 50 megawatts de capacidade de energia - pagar por 50 megawatts de capacidade de energia quando apenas 1 megawatt é necessário faz pouco sentido.

Por esta razão, inúmeras equipes ao redor do mundo focaram sua atenção na tecnologia das baterias de fluxo. Mas, até agora, elas têm esbarrado em produtos químicos caros ou difíceis de manipular, elevando os custos de armazenamento de energia.


Bateria de fluxo orgânicas

Os componentes ativos dos eletrólitos na maioria das baterias de fluxo têm sido metais, sendo o vanádio utilizado nas versões mais avançadas. Embora eficiente, o vanádio é muito caro, estabelecendo um patamar de custo por quilowatt-hora muito elevado.

A nova bateria de fluxo baseada em materiais orgânicos elimina a necessidade do vanádio, sem voltar a depender dos eletrocatalisadores de metais preciosos, como a platina.

"Com as moléculas orgânicas, introduzimos um novo e vasto conjunto de possibilidades. Algumas delas serão ruins, mas outras serão realmente boas. Com estas quinonas, temos as primeiras que parecem ser muito boas," conta o professor Roy Gordon, um dos envolvidos no trabalho.


Quinonas

Para selecionar as melhores moléculas, a equipe está utilizando um grande banco de dados, já tendo analisado mais de 10.000 moléculas.

As quinonas são abundantes no petróleo bruto, assim como nas plantas verdes - a molécula que a equipe usou é idêntica à que se encontra no ruibarbo.

As melhores renderam baterias de fluxo que resistiram, até o momento da publicação dos primeiros resultados, a pelo menos 100 ciclos de carga e descarga.

A equipe está também trabalhando na questão da segurança das baterias de fluxo orgânicas: as quinonas são dissolvidas em água para que não peguem fogo. 

17 de janeiro de 2014

Conheça as 5 características das boas ideias

Imagem: Shutterstock.com
O sucesso de uma ideia não depende exclusivamente da qualidade dela. Além de ser boa, é importante que essa ideia tenha algumas outras características para que ela se espalhe e seja incluída no dia a dia das pessoas. Se você quer que suas boas ideias sejam reconhecidas, confira a seguir 5 dicas para conseguir isso:
1 – Vantagem relativa
As ideias boas, no geral, possuem uma vantagem relativa, ou seja: elas trazem soluções melhores ou novos conceitos para o público. Quanto mais diferente e criativa a sua ideia, maiores são as chances dela ser bem aceita e de conquistar os outros. Portanto, boas ideias devem, no mínimo, tornar uma experiência melhor e mais eficiente comparado ao que se faz atualmente.
2 – Testes
Quanto mais fácil for para as pessoas testarem a sua ideia, mais sucesso ela irá fazer. Além disso, quanto mais pessoas entrarem em contato com as suas ideias, mais aceita ela será por outros. Um grande exemplo disso é o que alguns artistas têm feito: antes mesmo de lançar um novo álbum musical, eles disponibilizam algumas faixas gratuitas em seus sites e pedem para os fãs fazerem o download. Caso as pessoas gostem, elas podem pagar pelo CD completo. Dessa forma, o artista atrai mais pessoas para a sua obra e fideliza os verdadeiros fãs.
3 – Compatibilidade
É importante que a sua ideia seja compatível com a realidade. Por mais genial que você seja, a sua ideia deve ser baseada em normas, objetos e regras que já existem. Os inventores e artistas que não criavam coisas compatíveis com os paradigmas atuais eram considerados “à frente do seu tempo” e demoravam anos, até décadas, para serem reconhecidos.
4 – Complexidade
Boas ideias até podem ser complexas, mas é importante que você as compartilhe da forma mais simples possível. Afinal, grande parte das pessoas prefere se engajar com coisas simples, e não complexas. Traduza a sua ideia para que ela seja de fácil entendimento e, assim, seja possível atrair mais pessoas.
5 – Exposição
Quanto mais exposta a sua ideia estiver, mais fácil ela irá atingir mais pessoas. Um trabalho que pode ser facilmente observado e comentado possui chances muito maiores de ser reconhecido e atingir o sucesso. Faça com que a sua boa ideia seja bem exposta.
Fonte: CREAjr-PR

16 de janeiro de 2014

Jovens criam banheira conectada à internet que usa a água como tela

Sensor de videogame capta movimentos na banheira e um projetor exibe as imagens. Daí, a superfície da água é usada como tela sensível ao toque.


O ambiente não lembra muito o de um laboratório, mas foi nessa certa bagunça - e, claro, cercados de computadores - que esses jovens engenheiros criaram algo que poderá mexer com o banho de muita gente. Eles disseram que em apenas seis meses já tinham um protótipo, ou seja, tiraram a ideia do papel e a transformaram em realidade. Ideia que nasceu aonde? Nasceu em uma banheira.
Ela é destaque no laboratório. Tem até patinho de borracha boiando. Está cercada equipamentos, pronta para atender a uma necessidade dos tempos modernos - pelo menos para o Yamano. Ele conta que toma banho com o celular embrulhado em um plástico para sempre navegar na internet.
Então um colega teve a ideia: usar a superfície da água como tela. Um projetor instalado no alto exibe as imagens, e um sensor de videogame capta os movimentos feitos na banheira. Pronto: está criada a tela sensível ao toque mais molhado que já se viu.
A ideia é que durante o banho a gente possa acessar a internet, ver vídeos, até mandar mensagens.
Uma das dificuldades que eles ainda enfrentam é com o movimento da água, que às vezes atrapalha a manipulação das imagens. Aliás, não é simplesmente água. Ela não pode ficar transparente. Precisa estar leitosa para a projeção acontecer. A água é misturada ao dióxido de titânio, uma das substâncias que compõe os sais de banho. Colocamos uma câmera dentro da banheira... E não se vê nada!
A superfície leitosa ajuda em um outro uso, ainda mais divertido. É possível jogar um vídeogame durante o banho.
O efeito de chafariz luminoso que encanta vem de 13 alto-falantes à prova d’água, que ficam no fundo da banheira.
Os jovens inventores garantem que será possível instalar o sistema até em piscinas. E aí, além da batalha ser em grupo, outra aplicação: projetar imagens para estimular as crianças na hora de aprender a nadar. É a tecnologia, mais uma vez, indo muito além da simples imaginação.
Fonte: G1

14 de janeiro de 2014

Como encontrar um bom estágio?

Conheça a legislação específica da função e outras dicas.

Imagem: Henry Milleo/ Gazeta do Povo
A aprendizagem também se consolida fora do ambiente acadêmico, e fazer um bom estágio pode garantir não só uma formação melhor, mas a inserção no mercado de trabalho. Além do estágio curricular, que faz parte da graduação e é requisito para a obtenção do diploma, o universitário pode procurar um estágio não obrigatório, em que receberá uma bolsa, entre outros benefícios. Os contratos envolvem uma empresa, uma instituição de ensino e um estudante. Essa relação é intermediada por uma agência de integração, que também atua fazendo uma triagem de candidatos que atendem aos requisitos das vagas. Com base nas funções que o estagiário terá de desempenhar, as universidades ajudam a formular os requisitos, estabelecendo o semestre mínimo com base na grade curricular. O plano de atividades, por exemplo, deve ser aprovado pela comissão de graduação do curso que o aluno frequenta.
Saiba por onde começar a buscar uma oportunidade e quais os direitos dos estagiários:
Como escolher um estágio?
Busque um estágio em uma área de seu interesse. Procure conhecer as funções que serão atribuídas ao estagiário para saber se você terá condições de realizá-las. Lembre-se de que o estágio é uma etapa de aprendizado, portanto, é recomendável que você vá atrás de atividades que ampliem sua formação.
Qual é a diferença entre estágio curricular e estágio não obrigatório?
O estágio curricular é parte da graduação, e sua carga horária é requisito para a obtenção do diploma. O estágio não obrigatório é uma atividade opcional. A lei prevê pagamento de bolsa e benefícios apenas para o estágio não obrigatório.
Qual é a carga horária de um estagiário?
Para estudantes do ensino superior, a carga horária é de seis horas diárias – 30 horas semanais. Quando o estágio alternar teoria e prática, a jornada poderá ter até 40 horas semanais, desde que isso esteja previsto no projeto pedagógico do curso e da instituição de ensino.
Quanto tempo dura?
A duração máxima de um estágio é de dois anos.
Estagiário tem férias?
Sim. A Lei 11.788 (Lei do Estágio), de 2008, estabelece 30 dias de recesso, preferencialmente durante as férias escolares, para estágios de um ano. O estudante também recebe o valor da bolsa no mês do recesso. Em estágios com menos de um ano, o período é proporcional (15 dias para um contrato de seis meses, por exemplo).
Que outros benefícios têm o estagiário?
Além da bolsa, o estagiário tem direito a vale-transporte e alimentação.
Como conseguir um?
Você pode consultar diretamente a empresa em que pretende estagiar, uma agência de integração, que faz intermediação entre empresas e universidades, ou a instituição onde você estuda.
Fonte: CREAjr-PR

12 de janeiro de 2014

Matemático cazaque encontra solução para um dos Problemas do Milênio

Um matemático cazaque disse ter encontrado a solução parcial para a equação Navier-Stokes sobre a mecânica de fluidos, um dos sete problemas do milênio lançados pela Fundação Clay em 2000 e cuja resolução é premiada com US$ 1 milhão.
O professor universitário Mujtarbay Otelbayev explicou a solução em um artigo intitulado "A existência de uma boa solução da equação Navier-Stokes" e publicado pela "Revista Matemática" cazaque.

Otelbayev, diretor do Instituto Matemático da Universidade Nacional Euroasiática de Almaty, garantiu ter chegado a uma resposta satisfatória e única para o famoso conjunto de equações em derivadas parciais não lineareis que descrevem o movimento de qualquer fluído.

Até agora, soluções para a equação Navier-Stokes só tinham sido definidas em casos muito particulares.

Agora a comunidade científica deve determinar se o matemático cazaque encontrou realmente a solução para o enigma. Caso isso seja confirmado, permitiria avançar em muitos âmbitos da física e da engenharia, como é o caso da aeronáutica.

Até agora, só o cientista russo Grigori Perelman foi capaz de resolver um dos problemas do milênio (a Conjectura de Poincaré), o que valeu a medalha Fields, conhecida como o Nobel da Matemática, e um prêmio de US$ 1 milhão, mas ele rejeitou os dois prêmios.

A Fundação Clay apresentou os Problemas do Milênio em comemoração dos famosos 23 problemas enunciados por David Hilbert no Congresso Internacional de Matemáticos de Paris de 1900.

Os cinco problemas restantes são "P versus NP", "conjectura de Hodge", a "hipótese de Riemann", a "existência de Yang-Mills e a falha na massa "e a "conjectura de Birch e Swinnerton-Dyer"

10 de janeiro de 2014

UEM divulga lista de aprovados no vestibular

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) divulgou, hoje às 10 horas da manhã a lista dos aprovados no vestibular de verão. A lista de aprovados do vestibular seriado será divulgado a partir das 14 horas.
Curiosos para saber quem são os novos calouros de engenharia Química? Dê uma olhada na lista de aprovados: Aprovados em EQ.


A lista completa dos demais cursos está disponível no site da UEM

8 de janeiro de 2014

Aplicativos e Ferramentas para Universitários


 Hoje é difícil pensar na vida de um universitário sem a internet e um computador. Para complementar esse acervo de informações a tecnologia continua trabalhando a favor de nós, estudantes universitários, agora, com os aplicativos para smartphones e tablets algumas tarefas tornaram-se ainda mais fáceis.

 Vejam os principais aplicativos indispensáveis para os estudantes:


http://s2.glbimg.com/36Hx4J9vNrNeWyLXA2ZRcWleE_U=/0x0:620x465/493x370/s.glbimg.com/po/tt/f/original/2013/09/05/evernote-splash.jpg1. Evernote nos permite fazer anotações nas aulas, capturar imagens e sincronizar notas, gravações de voz e tarefas pendentes em todos os dispositivos que utilizarmos (incluindo o PC), para não esquecermos de nada e possamos criar listas de tarefas editáveis na hora, algo a se levar em conta diariamente na vida do estudante seja universitário ou não.


http://3.bp.blogspot.com/-HAaDJ8iUaJQ/UQ8ls0y6nkI/AAAAAAAACxY/V0RGIr8f_Wo/s1600/wolfram+alpha.jpg
2. Wolfram Alpha é um site capaz de computar conhecimento nas mais diversas áreas do conhecimento, tanto se você for um aluno de matemática, estatística, física, química, astronomia, informática, ciências naturais, geografia, história, o Wolfram será uma ferramenta extremamente útil para você. Seu funcionamento é bastante diferenciado dos mecanismos de pesquisa tradicionais, pois neste caso as respostas são fornecidas diretamente, ao invés de fornecer uma lista dos documentos ou páginas web que poderiam conter a resposta. Assim, é possível obter informações sobre funções matemáticas, valores nutricionais de alimentos, localizações geográficas e até outras curiosidades menos acadêmicas.


http://profesoresonline.cl/wp-content/uploads/2013/06/studyblue_large.jpg 
3. FlashCards++ e StudyBlue
Esses aplicativos organizam suas informações de estudo em fichas e facilita que você carregue todo o seu resumo e consiga memorizar de forma dinâmica, sem perder nenhuma folha no meio do caminho. Ótimo para guiar apresentações também.


http://10-most.com/wp-content/uploads/2012/11/myHomework.jpg
O aplicativo MyHomework ajuda você a entregar todos os trabalhos e lições em dia, sem atrasos e com a melhor qualidade possível. Ele permite que você organize as tarefas com cores e separe lições de provas, projetos e horários das aulas. Além disso, o aplicativo notifica os usuários quando estão atrasados em alguma tarefa e quando o prazo de entrega está próximo.



http://ahadaily.com/wp-content/uploads/2012/12/Handy-Scanner-Free-PDF-Creator.jpg
Diga adeus às pilhas intermináveis de papel! Com o Handy Scanner o seu celular torna-se um scanner portátil. O aplicativo utiliza a câmera do aparelho e a partir da foto tirada cria um documento em PDF. Assim fica bem mais fácil enviar informações por e-mail ou mesmo armazená-las no celular. Ele permite que sejam feitos ajustes na imagem selecionando apenas a parte que interessa a você.


http://a4.mzstatic.com/us/r30/Purple/88/1e/f6/mzm.ruoaiuir.175x175-75.jpg
Com ele você monitora seu desempenho nas disciplinas que cursa. Compara notas, tempo de estudo e ainda indica quais precisam de mais dedicação.


http://media.corporate-ir.net/media_files/irol/17/176060/KindleLogos/Kindlelogo/scr2555-proj697-a-kindle-logo-rgb-lg.jpg 

7. Kindle
Para economizar nos gasto com livros, o Kindle pode ser a solução. O leitor de livros digital oferece acesso a um acervo com mais de um milhão de eBooks. A marca possui um aparelho próprio, porém ele também está disponível para download em dispositivos com sistema Android. Uma vez comprado ou baixado um livro ele pode ser acessado de vários dispositivos, assim é possível realizar a leitura em qualquer dispositivo com um dos aplicativos instalado. É importante lembrar que nem todos os títulos estão disponíveis gratuitamente.
 

http://ibermapping.es/wp-content/uploads/2013/07/mindmeister-logo.jpg
8. Mindmeister
O Mindmeister é uma plataforma online muito prática para o brainstorming. Ela permite que você faça um mapa mental ao mesmo tempo em que colegas podem colaborar para que as ideias sejam ainda melhores.


http://news.cnet.com/i/bto/20080702/StudyRails-logo.png
9. StudyRails
O StudyRails permite que você seja mais disciplinado e mantenha foco absoluto durante os estudos. Ao determinar o tempo que passará se dedicando aos estudos, o aplicativo bloqueia sites que poderiam distrair você.


http://www.allspammedup.com/wp-content/uploads/2012/07/Dropbox.jpg
 10.  Dropbox
O Dropbox é um serviço gratuito de armazenamento em nuvem, que permite que você acesse todos os seus documentos, fotos e vídeos para qualquer lugar. Depois que você instalar o Dropbox no computador, qualquer arquivo que você salvar na sua pasta do Dropbox será automaticamente salvo em todos os seus computadores, no seu dispositivo móvel e até mesmo no site do Dropbox. Assim, você tem acesso a tudo o que é importante para você, onde quer que você esteja. Mesmo que você perca seu celular por exemplo, seus arquivos estarão a salvo! Você também pode compartilhar suas pastas com seus amigos e assim facilmente compartilhar arquivos com eles. 

https://lh3.ggpht.com/pfI27ViPbkPh-GlrxuHZy1Fi3SN7Hgoo43w4QXTS2JxQ0AxZwNboZowDSI-sCQUQWA=w300

11. Sleep as Android
Um aplicativo que cuida do seu bem mais precioso durante a universidade, o seu sono. O Sleep as Android é mais do que um despertador, ele acompanha o seu ciclo de sono e registra atividades noturnas como roncos e falas ocasionais. No final ele apresenta um gráfico que pode alertar o usuário sobre a qualidade do seu descanso.



http://3.bp.blogspot.com/-bg13DxiqOtE/T57SWDcbvoI/AAAAAAAAAO4/F-PuFvJZhao/s1600/skype-1.gif

12. Skype
A facilidade de realizar chamadas de vídeo com várias pessoas simultaneamente é uma vantagem que vem fazendo com que o programa seja cada vez mais utilizado por professores e estudantes para se engajarem durante e após as aulas. Também é bastante útil para terminar aquele trabalho em grupo ou tirar aquela dúvida de última hora! Além disso, o Skype pode ser uma ótima forma para manter contato com a família, caso você esteja estudando longe de casa.

Gostou? Conhece algum aplicativo diferente? Compartilhe conosco!!!

4 de janeiro de 2014

Mercedes e Nokia se juntaram para criar um carro autônomo



Carros autônomos podem ser os próximos produtos tecnológicos a transformarem a vida moderna. Não é difícil entender o motivo – é basicamente ficção científica virando realidade. Como aparentemente todo mundo quer se envolver nisso, a notícia de que a Mercedes e a Nokia estão se unindo para criar carros autônomos não é exatamente uma grande surpresa. 

A montadora alemã e a empresa finlandesa anunciaram os planos para trabalharem juntas ao desenvolver mapas inteligentes em 3D para carros autônomos. O sistema vai se conectar ao serviço de mapeamento da Nokia, o Here, que permite personalizar recursos para diferentes necessidades e também vai acabar servindo como base para condução autônoma. Essa não vai ser uma atualização simples para o Here, que em breve precisará entender “a exata precisão da largura da pista, localização de placas de trânsito e outras coisas” para servir aos carros autônomos. 

Vale ressaltar que a Mercedes já adicionou tecnologia inteligente como sensores de proximidade que podem responder a esse tipo de informação. E vale destacar que a divisão de mapas da Nokia é apenas uma das três que restaram após a empresa vender sua divisão de telefonia móvel para a Microsoft na semana passada. Então parece justo dizer que a empresa aposta pesado nesta parceria. 

Novamente, Mercedes e Nokia não são as únicas empresas que tentam desenvolver carros autônomos. O Google tem o seu carro autônomo, mas não está claro se ele um dia será lançado no mercado. A Nissan, por outro lado, diz que vai vender carros autônomos acessíveis por volta de 2020, com acréscimo de US$ 1.000 ao preço deles. Empresas como Ford, Toyota e General Motors já fizeram pesquisas na área, mas não saíram do estágio de protótipo. 

Com exceção da Nissan, a questão inevitável sobre todos esses projetos de carro autônomo ainda precisa ser respondida: quando eles estarão disponíveis para o público? Quanto custarão? Eles serão seguros? Anunciar planos para desenvolver tecnologia futurista é sempre bom, mas está na hora de começarem a nos dar resultados.

1 de janeiro de 2014

Feliz Ano Novo!

Que as realizações alcançadas em 2013 sejam apenas sementes plantadas, que serão colhidas com maior sucesso em 2014. E que este ano venha com novos desafios, novos projetos e muito sucesso!

O PET - Engenharia Química deseja um Feliz Ano Novo a todos!